Portal da Sustentabilidade
Lançamento do Laboratório de Inovação Financeira

Publicado em 03/08/2017

LAB é iniciativa pioneira no país

A implantação do LAB foi originada por meio de Acordo assinado entre a ABDE e a CVM. É uma iniciativa pioneira, que tem como objetivo fomentar o debate e a criação de ferramentas financeiras que permitam o avanço do desenvolvimento sustentável no Brasil.

O LAB está sendo concebido como fórum de discussão intersetorial com a presença de instituições financeiras de desenvolvimento (IFDs), intermediários financeiros privados, investidores, especialistas, reguladores e representantes de setores chave da economia.

O intuito é analisar, desenvolver e propor a criação de instrumentos de investimento e de estruturas financeiras que maximizem a alavancagem do setor privado e que otimizem o uso de fundos doadores.

Serão criados grupos de trabalho, coordenados pela CVM e pela ABDE, para atuarem em três frentes:

Títulos verdes (Green Bonds): aprofundar o conhecimento sobre esse mercado a nível internacional, além de desenvolver e avaliar propostas de intervenção no Brasil, tais como o mercado nacional de títulos verdes, possíveis instrumentos que possam estimular emissões e alinhamento do mercado local com as melhores práticas internacionais, entre outros.

Finanças verdes: construir diálogo com as instituições que compõem o Sistema Nacional de Fomento (SNF) para originar, avaliar e testar inovações financeiras que apoiem o desenvolvimento sustentável do Brasil, sobretudo em setores potencialmente verdes como energia, transporte, agricultura e água.

Instrumentos Financeiros e Investimentos de Impacto: identificar o papel que possam tomar as IFDs e as oportunidades de desenvolver o mercado de capitais e instrumentos financeiros para ampliar a oferta investimentos para negócios que promovam os objetivos de desenvolvimento sustentável (ODS) das Nações Unidas. O grupo também considerará os pilares estratégicos, recomendações e iniciativas recomendações da Força-Tarefa Brasileira de Finanças Sociais (FTFS) e possíveis sinergias entre os mecanismos de Finanças Sociais e do SNF.

Mais informações

Sobre a ABDE

A Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE) reúne as Instituições Financeiras de Desenvolvimento presentes em todo o país – bancos públicos federais, bancos de desenvolvimento controlados por unidades da federação, bancos cooperativos, bancos públicos comerciais estaduais com carteira de desenvolvimento, agências de fomento –, além da Finep e do Sebrae. Essas instituições compõem o Sistema Nacional de Fomento (SNF). A ABDE define estratégias e executa ações indutoras do SNF, tendo como meta constante o aprimoramento da atuação de seus associados, para que essas instituições financiem com eficiência o desenvolvimento brasileiro. Realiza cursos, produz estudos e representa as instituições em mesas de diálogo com organismos do governo, do setor produtivo e da sociedade.

Sobre a CVM

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) é uma autarquia vinculada ao Ministério da Fazenda que fiscaliza, normatiza, disciplina e desenvolver o mercado de valores mobiliários no Brasil. Em 2013, a CVM reformulou sua estratégia institucional e lançou o seu atual Plano Estratégico, reafirmando valores e propósito e definindo os Objetivos Estratégicos com projeção para 2023.

Sobre o BID

O Banco Interamericano de Desenvolvimento tem como missão melhorar vidas. Criado em 1959, o BID é uma das principais fontes de financiamento de longo prazo para o desenvolvimento econômico, social e institucional da América Latina e o Caribe. O BID também realiza projetos de pesquisas de vanguarda e oferece assessoria sobre políticas, assistência técnica e capacitação a clientes públicos e privados em toda a região.