Pegada de Carbono
Portal da Sustentabilidade
Programa brasileiro entra em vigor e pode ajudar no combate ao desmatamento.
Publicado em 09/01/2020

RenovaBio 

Programa brasileiro para biocombustíveis entrou em vigor em dezembro e pode ajudar no combate ao desmatamento.
 
A iniciativa, que visa garantir receita adicional ao produtor de biocombustível pela redução de emissões de gases de efeito estufa, proporcionada pelo uso de etanol e biodiesel requer que áreas usadas para cana, soja e milho não tenham sofrido desmate após novembro de 2018, ainda que a lei ambiental permita.
 
Essa receita adicional deverá ser obtida pela emissão, pelas usinas, dos chamados créditos de descarbonização (CBio), que serão comprados pelas distribuidoras de combustíveis para compensar as emissões pela venda de combustíveis fósseis.
 
No horizonte de uma década, por meio dos CBios, o RenovaBio tem objetivos de retirar cerca de 670 milhões de toneladas de dióxido de carbono da atmosfera, contribuindo para o cumprimento das metas do Acordo de Paris, além de impulsionar a indústria de biocombustível.
 
As distribuidoras de combustíveis deverão comprovar o cumprimento das metas individuais compulsórias por meio da compra de Créditos de Descarbonização (CBIO), derivado da certificação do processo produtivo de biocombustíveis com base nos respectivos níveis de eficiência alcançados em relação a suas emissões.
 
Para saber mais sobre o programa, acesse
http://www.anp.gov.br/producao-de-biocombustiveis/renovabio
ou entre em contato conosco através do e-mail
sustentabilidade@abnt.org.br
 

Fonte:
https://g1.globo.com/economia/agronegocios/noticia/2019/12/24/programa-brasileiro-para-biocombustiveis-entra-em-vigor-nesta-terca-e-pode-ajudar-no-combate-ao-desmatamento.ghtml